FCJ Rio

Goiânia ganha primeira fábrica de startups, com foco em inteligência artificial

A Cerrado Ventures irá conectar 30 startups que utilizam I.A. a uma rede profissional global

Hub Cerrado e FCJ, a maior rede de venture building da América Latina, anunciam a chegada da Cerrado Ventures em Goiânia, uma corporate venture builder (CVB), que pode ser traduzido como uma fábrica de startups. O primeiro modelo instalado em Goiás conectará empreendedores ao mercado, a investidores e a uma rede global de networking para estruturação e melhoria em marketing, vendas e processos administrativos, validação de produtos e mais de 1 milhão de reais em benefícios para desenvolvimento da solução tecnológica.

Para Silvana Oliveira, fundadora e CEO do Hub Cerrado, o lançamento da Cerrado Ventures é fundamental para o desenvolvimento do ecossistema de inovação da região. “Queremos ser mais relevantes no ecossistema, atraindo mais talentos, fazendo mais conexões, aproximando empreendedores e investidores”, afirma.

O gerente de inovação do hub, Carlos Magno, explica que “já estava a acompanhar o crescimento do modelo de corporate venture builder no Brasil promovido pela FCJ e que acredita na metodologia para evitar a falência prematura de startups”. Segundo Magno, o ecossistema de inovação goiano evoluiu bastante nos últimos anos. “Temos muitos talentos, ótimos empreendedores e instituições que se unem para fomentar um ecossistema próspero de inovação e startups”.

A atuação da Cerrado Ventures

A Cerrado Ventures selecionará startups que resolvam dores de diversos mercados por meio da inteligência artificial.

“Temos a I.A. como tese inicial por ser uma tecnologia relevante mundialmente e estratégica em nosso estado, como vimos na implementação de Centros de Excelência em Inteligência Artificial (Ceia) e Agro Exponencial (Ceagre). Temos a possibilidade de termos, no portfólio, startups com soluções em mercados distintos, como saúde, logística, educação, finanças, turismo, cidades inteligentes e, claro, agronegócio”, explica o gerente de inovação do Hub Cerrado.

A nova venture builder  apoiará o desenvolvimento de 30 startups ao longo dos próximos 5 anos. Baseada no modelo venture building 4.0 da FCJ, ela buscará startups no mercado e, após uma criteriosa avaliação, se tornará cofundadora desses negócios. Para as startups, o maior benefício será em relação à expertise da CVB, que as ajudará a se consolidarem no mercado, evitando erros.

Informações de lançamento serão divulgadas em breve. Acompanhe nas redes sociais da FCJ Venture Builder.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?