FCJ Rio

Por que os venture studios são o futuro da criação de empresas

Este conteúdo foi originalmente escrito por Emily Brungard e publicado pelo High Alpha em 15 de dezembro de 2020 como forma de contextualizar o papel das venture builders na criação de novas empresas. Sendo este um tema de  grande importância para as pessoas envolvidas em ecossistemas de inovação no Brasil e no mundo, a FCJ Venture Builder traduziu o artigo para que seja possível levar informação relevante para o maior número de pessoas, sempre assegurando à High Alpha os devidos créditos. Então, aproveite a leitura!


Os estúdios de startup, conhecidos também como startup builders, startup foundries ou venture builders, estão vivenciando uma enorme explosão de crescimento nos últimos anos. De acordo com a Enhance Ventures, há em torno de 560 estúdios operando em todo o globo, contribuindo para o crescimento de 652% da categoria desde 2013.

Resumidamente, os estúdios de startup estão criando a próxima geração de empresas ao combinar problemas (que se tornam ideias de negócios) com empreendedores empenhados em resolvê-los. Esse é um novo modelo de empreendedorismo que combina a criação de empresas com financiamento de risco como forma de reduzir tempo e tornar o negócio repetível e escalável de forma audaciosa. O High Alpha é um venture studio, um estúdio de startup em conjunto com um fundo de risco, mas ambos compartilham diversas características comuns que os tornam atrativos para os empreendedores.

O Idealab, fundado em 1996, é normalmente denominado como o estúdio de startup original. Muito do trabalho do Idealab tem sido de preparar o caminho para os estúdios posteriores, como o High Alpha, Science e Human Ventures. Nas últimas duas décadas, o Idealab lançou mais de 100 empresas (veja: Tickets.com, CarsDirect, NetZero). Cinco por cento das empresas que o Idealab desenvolveu se tornaram unicórnios, com um valor que ultrapassa $ 1 bilhão. Compare isso à taxa média de sucesso dos unicórnios, sendo que apenas 1.28% das empresas atingem esse status, e você terá que admitir que algo está dando certo.

Revelando a operação de um estúdio de startup

A mágica do modelo de estúdio de startup é que enquanto os empreendedores focam o desenvolvimento de produto, o estúdio oferece suporte em outras questões. As operações diárias são realizadas pelo pessoal especializado do estúdio: publicitários, designers, especialistas em finanças, recrutadores e por aí vai. No High Alpha, até que a empresa alcance o investimento seed, ela já terá validado sua ideia várias vezes — seja por meio do nosso processo Sprint Week, através de entrevistas com especialistas de mercado e clientes em potencial, um número de clientes pagantes e até mesmo com experimentos internos. Os estúdios de startup abraçam suas novas empresas com todos os ingredientes necessários para lançar e levantar um fundo de risco com sucesso.

De acordo com o relatório Disrupting the Venture Landscape, publicado pelo Global Startup Studio Network (GSSN) em 2020, as startups lançadas pelos estúdios alcançam taxas de sucesso 30% maiores. Quase todas as empresas lançadas por um estúdio de startup alcançam a rodada de investimento seed e 72% destas chegam ao financiamento de série A.

Algumas das empresas de maior sucesso foram lançadas pelos estúdios de startup, provando, mais tarde, que esse modelo funciona. Algumas dessas empresas são:

Muitos desses estúdios de startup focam indústrias específicas ou tipos de empresas. No High Alpha, construímos apenas empresas SaaS B2B, que é onde se encontra a experiência do nosso time. Zylo, uma empresa do High Alpha Estúdio que tem como foco a gestão SaaS, foi lançada em 2016 e tem, desde então, levantado mais de $ 35 milhões em fundos. 

Benefícios desse modelo

No fim das contas, as startups co-fundadas pelos estúdios de startups e as ventures são capazes de escalar mais rápido e proporcionar melhores retornos para os investidores. As startups criadas pelos estúdios, em média, têm uma Taxa Interna de Retorno de 53%. Compare isso à média das startups lançadas fora dos estúdios, em torno de 21%. Em média, as startups lançadas pelos estúdios vão da criação à rodada seed em 10.6 meses — menos que um terço do tempo que leva para startups de fora dos estúdios alcançarem a rodada seed. Os estúdios aceleram a velocidade do financiamento para as startups.

Os estúdios de maior sucesso têm sistematizado a criação de empresas, criando sistemas e processos que otimizam os fluxos de trabalho. Do processo de ideação ao lançamento da empresa, as etapas são definidas claramente e a cada pessoa é atribuído o seu papel. Há enorme eficiência nos estúdios de startup simplesmente porque eles constroem empresas repetidamente. 

De acordo com o mesmo relatório do GSSN, em média, os estúdios de startup obtêm 34% de equity das startups que eles desenvolvem, sendo que as maiores percentagens de equity podem chegar em torno de 80%. Como os estúdios têm muito em jogo, eles adotam um papel ativo no recrutamento de empreendedores, nas mentorias, na captação de recursos e em muito mais.

A diferença-chave entre venture studios e estúdios de startup é monetária: os venture studios muitas vezes garantem o capital inicial que as empresas precisam para sair do papel. Custos operacionais são uma barreira menor, permitindo que os fundadores foquem o desenvolvimento produtivo do negócio. Assim que as startups aprendem a andar sozinhas, os venture studios geralmente realizam investimentos complementares em suas próprias empresas.

As redes são tudo na criação de empresas. “Conhecer alguém que conhece alguém” pode abrir portas, e os estúdios de startups ampliam esse efeito. Geralmente, o fundador ou os fundadores de um estúdio são profissionais de sucesso com suas próprias redes. Num venture studio como o High Alpha, nossos parceiros têm boas conexões em comunidades SaaS e de empresas de tecnologia em nuvem, tendo previamente fundado ou dirigido companhias nesse espaço. Por sua vez, eles são capazes de conectar os co-fundadores dos estúdios com futuros parceiros, mentores e investidores. Eles são capazes de alavancar redes existentes e construir as suas próprias, acelerando o crescimento das empresas.

Quanto mais estúdios entrarem em cena, os benefícios do modelo de venture studio serão cada vez mais visíveis. Processos escaláveis estão permitindo que os fundadores tenham como foco aquilo que fazem de melhor — pelo o que são apaixonados —, enquanto os estúdios gerenciam inúmeras outras tarefas. Se você é um veterano em SaaS interessado em criar uma empresa de software B2B, saiba mais sobre o venture studio do High Alpha ou entre em contato com nosso time aqui.

This article was first published on https://www.farmaventures.com.br.

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?